Notícias

Palestra aborda necessidade de se tratar temas ligados aos Direitos Humanos nas escolas

26/09/2015 - Thaís Ramalho/Governo do Tocantins

 A necessidade dos Direitos Humanos serem trabalhados nas escolas foi discutida, na tarde deste sábado, 26, no Café Literário do 9º Salão do Livro. Em palestra ministrada pelo professor Romeu Aluísio Feix, as problemáticas existentes nas escolas foram discutidas, aliadas à necessidade de uma ressignificação do currículo nas escolas.

O bullying, o racismo, o machismo são apenas umas das problemáticas existentes devido ao desrespeito aos Direitos Humanos, conforme afirmou Romeu Feix. Segundo ele, a violação dos direitos humanos é constante e precisa ser trabalhada, prioritariamente, nas escolas. “A ideia de implementar os Direitos Humanos nas escolas é justamente na intenção de envolver o aluno como um todo: desde os professores aos pais”, afirmou.

De acordo com o professor, o tema precisa ser trabalhado diariamente na sociedade. “Se não, cai no esquecimento. Esse assunto começa, inclusive dentro da própria família. Toda sociedade precisa ser envolvida nessa discussão”, disse.

Garantir os Direitos Humanos aos alunos vêm de encontro à proposta do Governo do Estado, que é a educação integral e humanizada. Presente na palestra, o superintendente da Educação da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), professor Divino Mariosan, ressaltou que, para a ressignificação do currículo, é necessário discutir os Direitos Humanos.

“A partir de outubro estaremos trabalhando essa proposta, na construção de um novo currículo. Todas as escolas, tanto estaduais quanto municipais ou particulares, estarão empenhados nessa discussão”, frisou.